Google+ Followers

domingo, 7 de junho de 2015

REBELIÃO EM GOVERNADOR VALADARES E A INVERSÃO VALORES!

Desde de ontem, detentos do Presídio de Governador Valadares estão em rebelião "reivindicando" a respeito  da superlotação carcerária. Entende-se que a melhor forma para diminuir a superlotação seria o elemento não ir preso, pois, como é um ditado comum no ergástulo: "não aguenta cadeia, não venha preso".  Prosseguindo no assunto, a imprensa redobrou atenção para esse episódio  relatando sobre a lamúria que viviam os "reeducandos", e sua situação execração, nossa que aviltante. Não se pode deixar de citar também a repeito que a OAB e o juiz de execução penal que  também esteve presente para tentar negociar com os pobres "desfavorecidos sociais"; elementos esses que usam de violência para fazer o que querem. Presenciou-se também um discurso "maravilhoso" de uma senhora falando horrores(para não dizer ruminado merda) dos Agentes Penitenciários e das "torturas" praticadas por eles, bem como, de corpos saindo do referido presídio, e pasmem, em viaturas do Estado, pela madrugada. Emfim, tolices e mentiras sem precedentes. Essa matéria foi divulgada peal Inter TV Grande Minas, filiada da Rede Globo de televisão. Agora, procura-se dizer o que seja verossímil, uma vez que, nós, profissionais da segurança pública, somos espoliados tanto pela mídia, quanto pela sociedade. Nessa mesma matéria da imprensa, a moto de um Agente Penitenciário foi destruída por arruaceiros, nem por isso ganhou  tanto enfoque como a Rebelião dos "pobres coitados", indefesos esse que matam, traficam, roubam estupram e praticam outras coisas afins. Todavia, o problema maior não é tanto o material, um vez que, com trabalho e esforço nosso irmão de farda poderá adquiri outro bem; o problema está que nós, Agentes Penitenciários, estamos sendo TORTURADOS e MORTOS ,dia após dia, e ninguém está fazendo nada! Não temos esse Órgãos de defesa que, em tese, seria para todos os HUMANOS, em nosso favor! A cerca de 50 dias, um Agente Penitenciário, Wesley Fabrício Ribeiro, teve sua vida ceifada de maneira cruel, abrupta e covarde e até hoje não vi nenhum desse "PSEUDO-DEFENSORES" irem dar apoio á Família de nosso colega! Muito pelo contrário, promessas foram feitas: coletes balísticos para todos os Agentes, Tecaf, carteira funcional, segurança no translado do serviço, e NADA, ABSOLUTAMENTE NADA, FOI CUMPRIDO! Politicagem foi feita com essa tragédia, e nosso colega acabou virando estatística. Portanto, essa é a triste realidade em que vivemos, Agentes do Estado sendo tratados de forma desumana e degradante, enquanto facínoras, criminoso e elementos que vivem a margem da lei tendo prioridades e regalias. Por fim, agora a Rebelião está prestes a acabar, os desordeiros conseguiram tudo que queriam e a Segurança Pública mais uma vez é crucificada, e já não se distingue que é  o certo ou o errado. Pelo que se está vendo, a forma de conseguir alguma coisa em nosso Brasil não é com diálogo e respeito, e sim com rebelião, tumulto, GREVE; às vezes, o motor propulsor de mudanças sociais arraiga-se na anarquia, pois, consoante Claudios Devon:"anarquia não é desordem, desordem é o senado que abriga ladrões que roubam o próprio povo".     

Rebelião no Presídio de Governado Valadares.
 Link que mostra a reportagem citada no texto:        


Nenhum comentário:

Postar um comentário